logo

PROJETOS ARQUITETÔNICOS EFICIENTES PREVINEM AÇÕES TRABALHISTAS

Projetos arquitetônicos desenvolvidos para ambientes de trabalho é muito mais do que simplesmente ter espaços esteticamente atraentes. É, na verdade, um investimento estratégico capaz de promover a qualidade de vida no trabalho, melhorar os índices de produtividade e de qualidade dos produtos e serviços e prevenir ações trabalhistas.
Ao fazer com que o ambiente seja moldado às necessidades do trabalhador e não o contrário, a relação dos funcionários com a empresa se torna mais intima e produtiva. Mas como, efetivamente, a arquitetura pode promover isso? Fique conosco e descubra!

AFASTAMENTO DO TRABALHO

De acordo com a Previdência Social, em 2016, cerca de 226.892 pessoas foram afastadas do trabalho. A maior causa desse afastamento foi devido a fratura na altura do punho (tendinite), com 25.979 pessoas, e o segundo maior foi por
dorsalgia (dor crônica nas costas), com 15.624 afetadas.

Estima-se que, somente com esses afastamentos e acidentes de trabalho, as empresas gastaram neste ano cerca de 12 bilhões com custos com novos empregados, novos treinamentos, custos com tratamentos, etc.

O mais impressionante disso tudo é que esse alto custo poderia ser facilmente evitado se um projeto corporativo preventivo tivesse sido realizado. Quer saber como? Fique conosco!

ERGONOMIA

NR 17

Todo projeto corporativo deveria ser criado de maneira a atender a legislação NR 17, norma regulamentadoras que discorrem sobre ergonomia.

Essas normas foram criadas justamente para prevenir doenças como as citadas acimas, mas que – justamente por não serem cumpridas – são as que mais afastam os trabalhadores de suas atividades diárias.

Em casos, por exemplo de LER (Lesões por Esforços Repetitivos), se o profissional conseguir provar que foi naquela empresa que ele adquiriu a doença crônica e que deverá, por isso, aposentar por invalidez, a empresa corre o sério risco de ter que indenizar este funcionário para sempre devido a lesão ocasionada pelo ambiente de trabalho inadequado.

Além disso, caso a número de afastamento seja alto na empresa, maior será considerado o seu Fator Acidentário Previdenciário (FAP) e, consequentemente, maior será a contribuição previdenciária que está empresa terá que arcar.

São custos e transtornos facilmente prevenidos com um bom projeto arquitetônico, que esteja alinhado as normas. Mas, é claro, a decisão de fazê-lo sempre é do empresário. Cabe o bom profissional da arquitetura apontar os riscos ao dono do negócio caso ele opte por não seguir essas normas à risca.

Cansaço físico, hipertensão arterial, alteração do sono, diabetes, doenças nervosas, taquicardia, ansiedade são também outros tipos de doenças que o trabalhador está sujeito quando o espaço corporativo é impróprio a realização dos serviços e que o empresário não pode ficar alheio a isso.

MESAS E CADEIRAS

hhhh_MG_4819

A importância da especificação corretas de mesas e cadeiras em um escritório já foi abordada aqui em nosso blog. De fato, quando escolhidos de maneira inadequada, esses são os elementos que mais podem acarretar problemas crônicos nos funcionários.

Quando o empresário não tem grandes somas de dinheiro para investir num mobiliário adequado, a orientação pela compra adequada das cadeiras para os funcionários é sempre nossa maior recomendação. Até porque esse é também o elemento do qual mais rápido se vê o retorno do investimento.

Além disso, cadeiras boas para escritórios não necessariamente precisam ser caras. O essencial é que elas tenham no mínimo três regulagens: de altura do acento, de altura de braços e regulação de apoio da lombar.

Cadeiras com essas três regulagens já são capazes de prevenir os principais problemas que levam o afastamento do trabalhador no serviço: tendinite e dorsalgia.

Gostou das dicas? No nosso escritório, oferecemos um serviço de consultoria que garante suporte aos clientes na concepção adequada desse tipo de projeto e na compra certa desse tipo de mobiliário. Entre em contato conosco. Será um prazer ajudá-lo!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *